Top

Posições de yoga para meditar

O yoga é visto por muitos como uma prática de meditação. Esta correto este conceito e a concentração para a execução de cada movimento trás diversos benefícios para o corpo. Mas são as posições de yoga que chamam a atenção e convidam cada vez mais pessoas a se tornarem iniciantes. Conheça algumas a seguir e seus benefícios.

Para que servem as posições de yoga?

Quem assiste uma aula de yoga acha estranho tanta movimentação. Afinal, não era para meditar? Em outras palavras, todo mundo deveria ficar parado de olhos fechados recitando o mantra. Esta é, porém, uma das formas de praticar a arte milenar indiana.

As posições de yoga também fazem parte da prática. Elas tem como finalidade fazer o corpo se exercitar enquanto a mente foca em algo e se liberta de outros pensamentos. Enquanto você se concentra para realizar um determinado exercício está em plena conexão com seus músculos, com sua respiração. A execução, portanto, é uma forma de trabalhar a saúde mental.

A movimentação durante uma aula de yoga também trás muitos benefícios. Os praticantes sempre relatam uma melhoria da flexibilidade, por exemplo, em especial da cintura e das pernas. O quadril fica bem mais leve e de fácil movimento, evitando lesões. Os ganhos, portanto, são em diversos segmentos da prática.

Dicas de posições de yoga para a meditação

Enquanto atividade física o yoga permite concentração e trabalho da mente em todas as suas posições. Contudo, há posições criadas especificamente para a meditação praticadas ao longo de milênios. São também incentivadas nos estúdios entre os instrutores, comuns em diversos estilos de yoga. Alguns exemplos são:

Postura da árvore

Esta é uma das posições de yoga mais básicas mas que exige muito do corpo. Deve-se ficar com uma perna no chão e a outra apoiada na coxa (se conseguir), trabalhando assim alongamento, o core e o equilíbrio. As mãos podem ficar estendidas e unidas acima da cabeça ou na posição de namastê.

Postura do guerreiro 1

Também faz parte das posições de yoga para iniciantes e está na lista de simplicidade. O praticante deve dar um passo muito largo à frente com as pernas estendidas e levemente afastadas uma da outra.

O corpo inclina para a frente, o joelho flexiona e com isso toda a parte de trás da coxa e panturrilha ficam estendidas. Este é um dos alongamentos mais legais e benéficos do yoga. Os braços ficam para cima para saldar o sol, a vida e a natureza. A respiração deve ser controlada de forma leve, com o ar entrando e saindo.

Postura da criança

Ela é conhecida como uma das posições de yoga mais relaxantes e também é fácil de fazer em casa. Sente-se de joelho no chão sentando nos pés juntos na parte de trás. Incline o corpo para a frente e estenda as mãos para ir o mais longe que conseguir.
A ideia é relaxar nesta posição, podendo meditar ou apenas respirar para se preparar para outro posicionamento da prática.

Postura da cobra

Deitada de frente para o tapete dobre os braços na altura do ombro e erga o tronco. Segure alguns minutos e depois deite no chão. Pronto, simples assim. Respire e inspire quantas vezes se sentir à vontade nesta posição para alongar e meditar.

Na lista de posições de yoga temos mais de 100 formas de meditar e cada um escolhe a que mais lhe convém. Para alguns é apenas sentar de braços cruzados, colocar as mãos em namastê e trabalhar o corpo. Para outros pode ser algo mais profundo com alongamento. O importante é respeitar o seu limite e curtir o momento de meditação com conforto.

No Comments
Add Comment
Name*
Email*