Top

O que é bom para definir o corpo?

Definir o corpo: é possível afirmar que este é o maior desejo da maioria das pessoas que começam uma rotina de exercícios diários ou alguma atividade física. E ao contrário do que muitas pessoas dizem no início desse processo, não existe nada demais em começar a ter este hábito por razões estéticas, afinal você deve sentir-se bem como seu próprio corpo. 

 

Mas o melhor é, com isso, desenvolver a consciência de que definir o corpo é apenas um dos muitos benefícios de adotar uma atividade física adequada. Outras vantagens são conquistar aquela barriguinha sem gordura, mas também qualidade de vida, disposição, energia para as atividades diárias, e uma maior expectativa de vida.

 

Mas não é tem fácil conseguir a famosa “barriga de tanquinho” ou pernas bem torneadas e definidas, para isso é necessário associar uma rotina de exercícios, a uma reeducação na forma de enxergar a vida. 

 

Os dois primeiros passos para alcançar esses objetivos estéticos e físicos são a reeducação alimentar e uma rotina constante de exercícios.

 

É impossível definir o corpo com altos níveis de gordura

 

A gordura é um grande mal para nosso organismo, e pode ocasionar uma série de problemas em seu funcionamento. Junto a este risco, é exatamente a gordura que se localiza entre a pele e seus músculos que é a responsável pela aparência flácida de algumas partes do seu corpo, principalmente a barriga.

 

A responsável por definir o corpo e deixá-lo com a aparência que você deseja é a massa muscular, a inflamação coordenada dos músculos, e rompimento da fibra muscular através da hipertrofia. Obviamente existem níveis diferentes de fortalecimento e crescimento muscular, mas esse aspecto só se torna aparente após a eliminação da gordura abaixo da pele.

 

Definir o corpo não é transformar a gordura em músculos

 

Este é um mito que muita gente acredita, mas o nosso corpo não é capaz de transformar a gordura em músculos. Quando queremos definir o corpo, o que acontece é a queima das calorias através de exercícios aeróbicos, que vão eliminando esse armazenamento que o nosso corpo acumula com o tempo no tecido adiposo.

 

Quando essa gordura é eliminada aos poucos se torna aparente os músculos que estão sendo trabalhados por debaixo delas. Os exercícios corretos irão criar estímulos nas células musculares, que irão romper as fibras para que possam se adaptar a carga que estão sendo submetidas com o esforço de levantar peso, essa adaptação gera um aumento na quantidade dessas células.

 

Mas o que é melhor: aumentar os músculos ou perder gordura?

 

Quando falamos sobre perder gordura ou ganhar massa muscular, estamos falando também sobre dieta e reeducação alimentar. Tecnicamente não é possível desenvolver uma dieta que atenda às duas finalidades. O normal é definir qual o primeiro objetivo, alcançá-lo, e então partir para o próximo passo.

 

Se você quer definir o corpo, a primeira etapa é a eliminação de gordura, onde o seu exercício diário e também a sua alimentação irão te auxiliar nesse processo. A dieta será diferente para cada pessoa e suas próprias necessidades físicas, por isso é muito importante o acompanhamento de um profissional em nutrição para estabelecer uma dieta que atenda as demandas do seu corpo, e também possua a meta da perda de peso.

 

Após o processo de reeducação alimentar, é possível estabelecer novas metas, e também uma nova dieta, mas agora com um melhor condicionamento físico e também hábitos alimentares mais saudáveis. Um dos maiores obstáculos para definir o corpo é o processo de transição dos hábitos alimentares, daí a importância de um nutricionista.

 

O ideal é uma combinação inteligente de exercícios aeróbicos no início, com intensidade moderada na musculação, seguida de uma alimentação que priorize proteínas ao invés de carboidratos, e isto já será muito útil para a primeira etapa do processo.

Share
No Comments
Add Comment
Name*
Email*