Top

Jejum intermitente: vantagens e desvantagens

O jejum intermitente é o método queridinho das pessoas que desejam emagrecer. Porém, essa forma de emagrecer possui muitas vantagens e desvantagens. Nesse caso, o ideal é ter o acompanhamento de profissionais da área da saúde para realizar o jejum da forma correta.

Se você deseja fazer o jejum intermitente, continue acompanhando o nosso artigo! Isso porque falaremos sobre as vantagens e desvantagens desse método de emagrecimento.

Como funciona o jejum intermitente?

O jejum intermitente funciona da seguinte forma: você se alimenta normalmente durante 4 dias e realiza um semi jejum por 2 dias. Com o surgimento desse método de alimentação, muitas pessoas deixaram de lado a ideia de comer de 3 em 3 horas e começaram a seguir a nova recomendação de janela de 8 horas e jejum de 16 horas.

Agora que você já sabe como funciona o jejum intermitente, veja a seguir quais são as vantagens e desvantagens desse método de alimentação.

Quais as vantagens do jejum?

Com o jejum intermitente, você pode obter inúmeras vantagens! Esse método de emagrecimento oferece os benefícios da lista a seguir:

  • Controle da pressão arterial;
  • Perda de peso, sem necessidade da contagem de calorias;
  • Possibilidade de consumir alimentos calóricos.

O jejum intermitente não possui os moldes tradicionais, e por isso consiste em um programa de alimentação único. Assim, o indivíduo que fizer esse tipo de jejum pode consumir alimentos calóricos (em pequena quantidade) e manter o cronograma de emagrecimento.

Para fazer o jejum, uma boa opção é definir uma dieta regrada com alimentos saudáveis. Assim é possível seguir o programa definido por um nutricionista, por exemplo, e emagrecer com bastante saúde.

Quais as desvantagens do jejum?

Por mais que o jejum intermitente seja repleto de vantagens, ele também possui muita desvantagens. Portanto, esse método de emagrecimento ajuda na perda de peso, mas possui uma série de contraindicações. Veja a a seguir os pontos negativos de realizar esse tipo de jejum:

  • Pode ocorrer má qualidade da alimentação;
  • Processo de emagrecimento não sustentável;
  • Pode haver efeitos secundários.

O jejum intermitente pode gerar efeitos secundários que ocasiona problemas de saúde. Isso porque pode haver desmaios, falta de concentração, irritabilidade, queda de pressão, fraqueza, e diversos outros tipos de problemas de saúde por conta desse tipo de jejum.

Por isso é muito importante ter o acompanhamento de um profissional para a realização do jejum intermitente. Além disso, se o processo do jejum não for realizado da forma correta, você pode perder massa magra. O ideal é ter uma boa alimentação e conseguir emagrecer com saúde!

Portanto, emagrecer para se sentir melhor com o seu corpo é um argumento válido. Porém, o acompanhamento de nutricionista, nutrólogo e profissional de educação física é fundamental para esse processo de emagrecimento. Afinal, é muito importante preservar a saúde nesse momento.

Há também outros métodos para emagrecer que você pode seguir! Entre em contato com um profissional de sua confiança para definir a melhor dieta.

E aí, gostou do nosso artigo de hoje? Você conhece outros métodos para emagrecer? Comente aqui embaixo! E, para saber mais dicas do mundo fitness, continue acompanhando o nosso blog!

Share
No Comments
Add Comment
Name*
Email*